Programa ADAPTAR

Após o fim da primeira fase do combate à pandemia COVID-19, inicia-se agora um período de levantamento das medidas de confinamento com vista à recuperação e revitalização da economia.

O novo paradigma obriga as empresas a uma adaptação de espaços, a uma reorganização do trabalho e a uma mudança de políticas e hábitos para que sejam cumpridas as normas e recomendações das autoridades competentes.

Para ajudar as empresas neste processo, foi criado pelo estado um sistema de incentivos para a adaptação da atividade económica, o Programa ADAPTAR.

Este programa pretende apoiar as micro, pequenas e médias empresas (PME – até 250 colaboradores) e está disponível à maioria dos setores de atividade não primários.

Os apoios, atribuídos sob a forma de subvenção não reembolsável, cobrem 80% de despesas como a aquisição e instalação de equipamentos de higienização, contratação de serviços de desinfeção das instalações ou custos iniciais associados à domiciliação do trabalho.

Abrangidas também pelo Programa ADAPTAR estão as despesas com serviços de consultoria especializada, nomeadamente para o redesenho do layout das instalações e elaboração de planos de contingência empresarial e manuais de boas práticas.

A elaboração de um plano de contingência, sendo também obrigatório por lei, é essencial para uma resposta eficaz aos desafios da crise COVID-19.

Para qualquer PME, o aconselhamento e apoio de uma equipa de especialistas aumenta a segurança e saúde da empresa e previne futuros problemas médico-legais.

Essa valência é reconhecida através deste sistema, podendo as empresas agora ser subvencionadas pelos investimentos em contratos que estabeleçam com as empresas da especialidade.

A Honnus conta com uma rede de Médicos do Trabalho e Técnicos de Segurança com experiência em situações de epidemia e realiza planos de contingência personalizados a cada empresa. Os nossos serviços incluem a reorganização da atividade laboral, gestão de trabalhadores e equipas e encaminhamento médico de casos suspeitos e confirmados da Covid-19.